TikTok garante contratos de licenciamento de curto prazo com os principais selos

O TikTok acabou de garantir seu sucesso durante esses tempos incertos, fechando acordos de licenciamento de curto prazo com as três principais gravadoras do cenário musical: Universal MusicSony Music e Warner Music.

O aplicativo de propriedade da Bytedance foi criado em 2016 na China sob o nome de Douyin. Foi lançado pela primeira vez em 2017 fora da China e 2018 foi o ano em que deu um grande passo à frente ao entrar no mercado dos EUA após a fusão com o Musical.ly. O aplicativo apresenta uma maneira de criar seus próprios vídeos de 15 segundos, sincronizando os lábios, com as músicas mais recentes, com a missão de inspirar a criatividade e trazer alegria aos seus usuários. Com mais de 1 bilhão de usuários, esse sucesso tem um preço alto, estando envolvido em muitos processos por violação de direitos autorais.

No entanto, depois de algumas disputas, o aplicativo adotou uma nova estratégia para garantir acordos de licenciamento de curto prazo que mudarão o jogo. Com esses acordos de licenciamento da Tiktok, o aplicativo expande sua biblioteca de músicas e agora eles podem usar qualquer música assinada pelas três principais gravadoras, pagando royalties aos artistas e editores cujas faixas foram usadas. No entanto, esses acordos também representam uma grande ameaça para as principais plataformas de streaming; não apenas para esses acordos, mas para seus planos futuros de transmissão.

- Publicidade -

A Bytedance apresentou o Resso, um serviço de streaming de música que atualmente está disponível apenas na Índia. Seu plano inicial é concentrar todos os seus esforços na conquista dos mercados emergentes, para que eles entrem rapidamente nos mercados do Brasil e de países como a Indonésia, antes de perseguir objetivos maiores, como entrar nos EUA. Mas, em suma, isso é algo que o Spotify ou a Apple Music não ficarão muito felizes e não perderão de vista à medida que progridem.

Fonte: We Rave You

Tradução: DJane Mag Staff