Eli & Fur imprimem seu charme melódico no remix de “Drink To Get Drunk” de Sander van Doorn: Ouça

Eli & Fur - Foto reprodução/Instragram.

Eli & Fur pegaram a já incrível faixa ‘Drink To Get Drunk‘ de Sander Van Doorn e a embelezaram com seu brilho melódico. Experientes na arte de dominar as melodias mais extraordinárias, a dupla conhece sons progressivos como nenhum outro, podendo dar-lhes a serenidade do deep house e o impulso da melodia.

‘Drink To Get Drunk’ faz parte da cena dance há algum tempo. Originalmente, essa faixa veio da talentosa SIA, cujos vocais são capazes de hipnotizar qualquer pista de dança. Reconhecida como matéria-prima de alto interesse, ‘Drink To Get Drunk’ recebeu uma versão reformulada em 2011 pelo DJ e produtor holandês Sander Van Doorn. Ele criou um sample de house progressivo lindamente trabalhado, equipado com elementos refinados e vocais polidos. Agora, quase uma década depois, Eli & Fur entrega um remix estendido refrescante, com sua assinatura melódica em evidência. A versão da dupla de ‘Drink To Get Drunk’ foi lançada oficialmente pela Spinnin ‘Deep.

Eliza Noble e Jennifer Skillman, mais conhecidas como Eli & Fur, têm traçado um caminho musical de alto nível, desde seu lançamento de estreia em 2013. Não apenas cresceram como performers e produtoras, mas também ofereceram seus talentos para vários estilos musicais, sempre oscilando entre as melodias de deep house, house progressivo, bass house e tech house. Com ou sem vocais aveludados, os trabalhos de Eli & Fur são sempre uma agradável surpresa, tendo já conquistado grandes labels como ArmadaAnjunadeep e Spinnin ‘Deep. Em seu próprio nome, colaborando com Danny Howard e agora remixando Sander Van Doorn, o ano de 2021 está se revelando promissor para elas.

Neste remix estendido de ‘Drink To Get Drunk’ de Sander Van Doorn, Eli & Fur aprofundam a melodia do original, resultando em uma faixa mais íntima, sensual e com alma. Conhecidas por linhas de baixo requintadas, elas não os deixaram de fora neste. A pista tem um sabor moderno, vibrante e extremamente elegante. As gotas são requintadas, combinando perfeitamente com a classe de toda a composição. É uma obra de arte pronta para andar, um misterioso convite para dançar. Enquanto a faixa de Van Doorn era mais espumante e alegre, esse remix é mais rico, com um som que parece nos abraçar e preencher o espaço com um ritmo contagiante. É uma música que merece ser dançada, muito em breve.

Entre na esfera mágica de Eli & Fur neste belo remix abaixo:

- Publicidade -

Comentários

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui