Adriana Pax lança curso gratuito de discotecagem para mulheres no YouTube

Videoaulas serão transmitidas a partir de amanhã, dia 8 de março, em celebração ao Dia Internacional da Mulher. Pernambucana preparou conteúdo exclusivo com os primeiros passos para quem deseja apostar na carreira de DJ

Já conhecida no cenário da música eletrônica no Nordeste e, sobretudo, em Pernambuco, a DJ Adriana Pax agora estreia um conteúdo exclusivo no seu canal próprio no YouTube com os passos para a mulherada que quer investir na carreira de DJ. Dividido em três produções, as videoaulas começam a ser transmitidas a partir do dia 8 de março, na próxima segunda-feira. 

A cada aula, um novo aprendizado para quem está começando, embora a DJ Pax, como é conhecida, já seja veterana nas pickups e atração disputadas na noite recifense ao longo de 17 anos de carreira. Por falar nisso, Pax foi a primeira DJ pernambucana a figurar no Top 100 DJanes Brasil, segundo a revista especializada DJane Mag Brasil. 

A ideia do curso online é conduzir as mulheres ao universo da música eletrônica numa espécie de Beabá da Discotecagem, por isso o projeto foi batizado com esse título.

“Não conseguiríamos em três videoaulas ensinar tudo que a profissão de DJ comporta, mas a proposta é ser uma porta de aprendizado, já que muitas vezes surgem as velhas dúvidas, do tipo ‘qual equipamento? O que devo adquirir? O que devo ouvir e ler?’ É por isso que destravamos essas dúvidas e outras, como o manuseio da aparelhagem em si, por exemplo”, conta Pax. 

Apesar de ser destinado às mulheres, o curso não é restrito. Homens que também tenham o interesse pelo aprendizado da discotecagem, também podem se inscrever no canal da DJ.

Para Pax, a ideia central é crescer ainda mais o universo de mulheres que fazem o som nas festas, pistas e boates pelo Brasil. “É mais uma ferramenta para as mulheres quebrarem o paradigma da profissão num universo masculino”, explica ela, que é uma das primeiras mulheres do Nordeste na música eletrônica. 

O projeto do curso virtual O Beabá da Discotecagem recebeu recursos do edital da Lei Aldir Blanc, criada como suporte financeiro para produtores culturais durante a pandemia do Coronavírus. Além do dia 8 de março, as transmissões de mais duas videoaulas acontecem nos dias 18 e 25 deste mês. 

Sobre Adriana Pax

Aberta à toda musicalidade, PAX possui um setlist bastante versátil. A favor de música que contagia, passeia por vários estilos, mantendo trabalhos paralelos. Atua em eventos plurais, de música eletrônica, popular, LGBTQIA+ e underground. A DJ possui uma vasta audioteca, resultado de uma década e meia de pesquisa musical e participações em baladas das mais diversas pelo Brasil.

Adriana Pax – Foto divulgação.

No case, estão vertentes de sua estrada na house music, sendo que possui forte identificação com as sonoridades brasileiras e afrolatinas, encontradas nos seus sets de brazilian bass, tropical house e africanidades, que vão desde o low BPM (Batimentos Por Minuto) até velocidades mais frenéticas. Mangue beat, regionalismos, ritmos pop, drum’n bossa, Rock’n Roll e Black music, sempre estão no seu case.

Siga Adriana Pax:

Facebook | Instagram | Soundcloud | YouTube

[ Via Assessoria de Imprensa ]

Comentários

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui