Google Doodle celebra o 32º aniversário de Avicii

A imagem de Avicii coincide com a semana mundial de prevenção ao suicídio.

Nesta quarta-feira, 8, o Doodle do Google traz uma homenagem a Avicii no dia em que completaria 32 anos. O DJ e produtor sueco Tim Bergling, seu nome de batismo, cometeu suicídio em 20 de abril de 2018, aos 28 anos.

O DJ e produtor sueco morreu em 2018, aos 28 anos

Para a homenagem, o Google compartilhou uma breve animação com um pouco da história do DJ ao som de “Wake Me Up”, um de seus maiores hits.

“Seja tocando nos alto-falantes dos palcos de festival ou nos fones de ouvido de milhões de ouvintes em todo o mundo, o Avicii ajudou a elevar a música eletrônica para o sucesso global”, escreveu a plataforma na homenagem.

O corpo do músico foi encontrado na cidade de Mascate, em Omã, no Oriente Médio, em abril de 2018. A causa da morte foi suicídio.

Carreira

Avicii foi um dos maiores nomes da música eletrônica dos últimos anos. Seu primeiro sucesso nas paradas de eletrônica no mundo foi “Levels”, em 2011. Em 2013, lançou seu álbum de estreia, “True”, com o hit “Wake me up”, maior hit de sua carreira. Em 2015, lançou o álbum “Stories”.

Entre seus outros sucessos estão “Hey brother”, “I could be the one”, “Waiting for love”, “The nights” e “Levels”. Avicii era associado aos subgêneros da música eletrônica de house progressivo, electro house e EDM.

Depressão e alcoolismo

Após anunciar em março de 2016 sua retirada temporária dos palcos, o DJ sueco tentou buscar “um equilíbrio” em sua vida para ficar bem e fazer “o que mais queria: música”. O músico tinha sofrido diversos problemas de saúde relacionados com consumo excessivo de álcool.

“Tem sido uma jornada muito louca. Eu comecei a produzir quando tinha 16 anos. Comecei a fazer turnês quando tinha 18. Desse ponto em diante, eu pulei nisso 100%”, disse Avicii à Billboard em 2016.

“Quando eu olho para trás, penso: uou, eu fiz isso? Foi a melhor parte da minha vida em um sentido. Veio com um preço, muito stress, muita ansiedade para mim — mas foi a melhor jornada da minha vida”, afirmou, naquela ocasião.

Em 2017, ele sofreu de pancreatite aguda, em parte devido ao consumo excessivo de álcool.

[Via Estadão, G1]

Comentários

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui