Conheça o ‘Bitclout’ e saiba por que os artistas estão se reunindo em massa

Artistas de música eletrônica e de todas as esferas da vida estão migrando para o BitClout, uma rede social que permite especular sobre pessoas e postagens com dinheiro real, e é construído do zero como seu próprio blockchain personalizado.

Por anos, os proponentes do blockchain alegaram que a tecnologia tinha a capacidade de suportar redes de mídia social descentralizadas. Nesse caso, descentralizado significa apenas que não há um ponto de falha, como a sala de servidor privada de uma empresa de mídia social tradicional. Em vez disso, a rede descentralizada é suportada por milhares de nós independentes operados por consumidores de todo o mundo.

Para encurtar a história, BitClout é uma das primeiras aplicações bem-sucedidas do blockchain no que se refere à mídia social. E a notícia está se espalhando rápido.

Uma grande parte do sucesso inicial da BitClout se deve aos incentivos financeiros exclusivos da plataforma para criadores e consumidores. Quando os criadores se inscrevem no BitClout, eles recebem sua própria moeda única chamada Creator Coin. O sucesso de um influenciador no BitClout se baseia em sua capacidade de criar valor para os detentores de sua moeda única. Por meio das leis básicas de oferta e demanda, consumidores e fãs especulam sobre o preço desses ativos digitais com base nos incentivos oferecidos pelos criadores à comunidade.

Uma vez que a plataforma ainda está apenas no início, não há necessariamente um plano claramente definido de como deveriam ser os incentivos ideais da Creator Coin, mas seu potencial é vasto. Imagine ter acesso à música ou aos ingressos do seu artista favorito antes de serem lançados, ou receber uma mercadoria de edição limitada gratuita – tudo porque você segurou o token exclusivo daquele artista. Isso é apenas arranhar a superfície de como as Creator Coins podem revolucionar a cultura de influenciadores como a conhecemos.

Se você ainda tem dúvidas quanto ao que rola por trás dessa tendência, confira alguns dos muitos artistas de música eletrônica do mainstream que estão adotando esse novo paradigma de mídia social abaixo. A corrida para se tornar o primeiro bilionário BitClout começa agora.

Criamos uma conta de teste na plataforma para poder entender um pouco sobre o processo e, também, para conferir se já existem contas de DJanes conhecidas — E, para nossa surpresa, encontramos o perfil das gêmeas NERVO não reivindicado oficialmente pelas irmãs até o momento desta publicação.

Print de uma conta não verificada das irmãs NERVO no Bitclout.

O aspecto estranho da BitClout é que os tokens adquiridos não podem sair da rede. Só é possível enviar tokens BitClout a outros usuários da plataforma ou usá-los para comprar as moedas de criadores, ou seja, não há como convertê-los em dinheiro ou em bitcoin.

Também não há como verificar as transações da plataforma em um blockchain nem existe um código de programação disponível do projeto. Então, recomendamos que você aprecie com ‘moderação’.

Comentários

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui