Eli Iwasa é uma das protagonistas da campanha “Why Not?” da marca Dzarm

A artista brasileira que levou a música eletrônica aos palcos dos mais importantes eventos do Brasil e do mundo aprofunda o relacionamento com a moda.

Eli Iwasa não pára! Que ela é multifacetada, todo mundo já sabe. DJ, empresária, cantora, influencer e… modelo. Seu novo feito foi protagonizar a campanha “Why not?” da conceituada e urbana Dzarm. Além de Eli, o squad é composto por Marcella Maia, atriz e modelo e pelas gêmeas maranhenses e modelos Yacy Sá e Yara Sá. Com o objetivo de fortalecer a ideia de mulheres quebrarem a barreira do “não”, a campanha narra a história de cada uma das estrelas. Nossa “Japa do techno” narra a vontade que sempre sentiu em ser cantora, DJ e empresária e se questiona, em livre tradução, “Por que não?”.

Foto por Jacques Dequeker

Estamos no terceiro mês do ano e Eli já embalou cerca de 7.000 pessoas no Warung Tour em Londrina, foi anunciada para um back to back inédito no after do Warung Day Festival ao lado de Seth Troxler, foi mencionada pelo Estadão — tanto online quanto impresso — como uma DJ das principais DJs do país, uma artista com “essência” e que “não se acomoda”, além do trabalho à frente da curadoria do Caos que entra em seu terceiro ano com nomes poderosíssimos já confirmados.

Lembrando que ano passado, Iwasa foi a única jurada brasileira no Amsterdam Dance Event ao lado de lendas internacionais como Todd Terry, Dave Clarke e Joseph Capriati, em um concurso de produtores (Demolition) e tocou na festa do label Life and Death, um dos mais icônicos do Velho Continente. Também levou o techno a grandes festivais tradicionais como Rock in Rio, além de DGTL, Gop Tun, Photon, Frecuencias no Chile e Baum na Colômbia. Graças a esse trabalho de consistência, ela ganhou um episódio na série “Quando elas tocam” do Canal BIS e foi indicada ao prêmio de melhor DJ do ano pelo Women’s Music Event Awards, maior premiação feminina do país.

Bookings aqui.

Redes socias: Facebook, Instagram e SoundCloud.

Foto da capa por Jacques Dequeker

Comentários

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui