Após protesto, governo holandês recua e flexibiliza as restrições

Foto crédito: ANP

O governo holandês ouviu as vozes dos protestos “Unmute Us”. Depois de 150.000 pessoas tomarem as ruas de várias cidades holandesas para protestar contra a falta de transparência da restrição de eventos, o governo anunciou que começará a reduzir as restrições a eventos de grande escala, permitindo que os festivais voltem a operar.

As condições para esses eventos de grande escala ainda envolverão algumas formas de restrições. No entanto, operar no que deveria ser uma capacidade aprovada de 75% agora permitirá que festivais de música na Holanda voltem a acontecer. A Holanda também introduzirá um sistema chamado passecorona”, que permitirá que as pessoas apresentem uma prova de sua vacina para entrar em restaurantes, bares, clubs ou outros eventos.

O momento de tomar essa decisão não foi fácil. O povo holandês orquestrou duas marchas em massa rotuladas de protestos “Unmute Us” em uma tentativa de expressar frustrações com o tratamento das restrições de eventos musicais pelo governo. Os protestos ocorreram pela primeira vez em 21 de agosto, atraindo mais de 70.000 pessoas. A segunda marcha aconteceu em 11 de setembro e recebeu mais de 150.000 pessoas. Foi depois disso que o governo holandês anunciou que faria uma mudança.

“Esta segunda demonstração perfeitamente organizada prova mais uma vez o quão forte é a nossa indústria nesta área. A indústria de eventos provou repetidamente que pode organizar eventos com segurança. Portanto, não pode haver outra decisão do gabinete senão a abertura total em 14 de setembro.” – diz Ruben Brouwer, diretor da MOJO, IQ.net

[Via We Rave You]

Comentários

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui