O ano de 2020 começou com tudo na cena LGBTQIA+

No último dia 15/1, a DJ Cacá Werneck lançou o seu primeiro videoclipe “Que Vibe É Essa”, com o DJ VMC, na The Week SP.

A DJane Mag Brasil cobriu os bastidores das gravações e entrevistou a DJ que pode contar um pouco sobre a história de sua carreira, parcerias e principalmente sobre o processo de criação do videoclipe e da música, que tem ela como interprete, que é uma das marcas da DJ.

No dia do lançamento, mantivemos a exclusividade na cobertura do evento, que teve Cacá Werneck chocando boa parte do público, ao apresentar seu novo alter ego, em uma performance marcante, onde ela mesma raspou o seu cabelo na frente de todos. FOI IMPACTANTE!

Mas teve muita mais história por traz disso! Dias antes do tão aguardado lançamento, ela publicou um vídeo em suas redes sociais mostrando uma transformação do seu cabelo para 2020. Dizendo ser a “Cacá Werneck de 2020”.

Mas isso já fazia parte da performance do final de semana, sendo uma forma de driblar a atenção de quem estava a espera deste lançamento.

No momento em que ela entrou no palco, ela apareceu com os cabelos longos, completamente diferente do vídeo publicado dias antes, mas que durou apenas por alguns minutos. Ela se sentou em um banco, de frente a um espelho, que um dançarino segurava para ela, e tirou a peruca, e estava com parte da cabeça já raspada. Completamente inesperado!

Ela pegou uma máquina de cortar cabelo, e num manifesto de liberdade genuíno, começou a raspar o restante do cabelo, sendo ovacionada e aplaudida pelo público que ali estava. Não foi atoa que a DJ levou o “DESTAQUE PERFORMANCE” e foi a #1 do ranking LGBTQIA+ de 2019.

Depois iniciou o seu primeiro B2B com o DJ VMC, que é seu grande parceiro nos hits “Liberdade” e “Agua y Amor”, também interpretados por essa grande artista da cena eletrônica brasileira.

Hoje (18 de Fevereiro), no dia do seu aniversário, a DJ fez um poste com o aftermovie oficial desta grande performance. E nos lembrou que foi neste dia, há um ano atrás, que ela recebia o convite do próprio André Almada, para fazer parte do Grupo The Week Brazil.

O videoclipe traz um alter ego no limite de sua consciência como ser humano, o que vemos muito nos dias de hoje, e por isso foi muito impactante pra alguns, mas necessário para outros.

Mas o que pudemos ver, é que a DJ tem feito a diferença não só na cena LGBTQIA+, mas principalmente num todo. Trazendo assuntos que todos conhecem, mais preferem não opinarem com tamanha coragem e entrega, como ela tem feito.

Confira o clipe:

Agora é esperar as cenas dos próximos capítulos desta personagem criada pela DJ junto com Grupo TW e a Agência Headphone Music.