Holanda: Mais de 350 organizações de eventos se unem aos protestos “Unmute Us”

Mais de 350 organizações da indústria de eventos holandesa estão apoiando uma marcha de protesto apelidada de “Unmute Us” (Reative o nosso som) neste sábado, contra as restrições atuais que basicamente eliminaram a temporada de festivais na Holanda.

Na semana passada, o governo holandês destacou que deveria continuar com as restrições atuais que impedem festivais de vários dias com pernoites até pelo menos 19 de setembro. O anúncio gerou indignação, no entanto, pois contradiz a promessa original do governo de que eles poderiam usufruir do local novamente depois que a vacina foi oferecida a todos.

Alguns dos festivais mais renomados da Holanda, como o A State of Trance Festival, Amsterdam Open Air, DGTL e Awakenings, são apenas alguns selecionados entre centenas de outros que estão por trás do protesto. Embora esses eventos tenham enfrentado restrições, outros eventos de grande escala nos esportes e entretenimento tiveram permissão para ir em frente com a capacidade de multidões.

Isso foi detalhado em uma declaração/argumento no site Unmute Us:

“Em outras partes da sociedade, há espaço para estádios de futebol lotados e feiras superlotadas, mas eventos organizados com segurança não têm espaço. E tem sido assim desde o início da pandemia, há mais de um ano e meio ”, […]” Isso mostra um enfraquecimento total e um julgamento equivocado de todos os que se preocupam com a cultura e a vida noturna.”

“Com ‘Unmute Us’ fechamos o punho. Estamos enviando um sinal claro a Haia: não pode mais ser feito assim, não seremos silenciados. O setor pede um plano de futuro claro, com pactos mensuráveis, mas também o reconhecimento do estado emocional de tantos visitantes e realizadores que não se sentem ouvidos. Queremos poder nos encontrar novamente, rir e dançar novamente. Acima de tudo, queremos ser capazes de olhar para a frente novamente.”

As marchas de protesto “Unmute Us” estão programadas para acontecer no sábado, 21 de agosto, em muitas cidades da Holanda; a nova campanha espera conquistar os corações dos jovens frequentadores de festivais no país, que não tiveram a liberdade de dançar juntos novamente.

[Via We Rave You]

Comentários

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui