DJ & Produtora “MEOW” alcança o 16º lugar no Beatport Top 100 Psy-Trance com “Meu Lugar”

Concorrendo com grandes produtores de renome mundial, a DJane gaúcha Susy Trindade aka MEOW é a mais nova promessa feminina na cena Psy-Trance brasileira.

MEOW alcançou nesta sexta-feira (23), o 16º lugar no ranking Top 100 Psy-Trance mundial no maior site de vendas de música eletrônica ‘Beatport‘ com o hit “Meu Lugar“.

Qual é o seu lugar favorito? Igual a de muitos leitores e seguidores da DJane Mag Brasil, a rave é o local preferido da DJane e produtora musical MEOW. Então, que tal curtir um single sobre essa paixão? Foi o que a artista gaúcha proporcionou aos fãs ao criar sua primeira track original. Lançada no início de abril, a música, que se chama “Meu Lugar”, já é sucesso e atingiu o top 16 do maior site de vendas mundial de música eletrônica, o Beatport. E não para por aí. O single, assinado pela gravadora Phantom Unit Records, alcançou a marca de mais de 16 mil views no maior canal de Psy-Trance do mundo, o Brutish Heavy Music.

Com letra, vocal e produção autoral, “Meu Lugar” traz elementos marcantes, com vocais ambientes que compõem a harmonia da música e dão sensação de transe. A música é uma mescla de rolling bass e um offbeat com componentes que dão um groove bem característico, com synth singular que acrescenta muita vibração na melodia. O último drop ganha o groove do bassline no contratempo em evidência e a variação das notas garantem forte personalidade à música.

“Chegar nesse ranking na minha primeira original mix era com certeza um sonho distante, porém, felizmente, estou realizando! Consegui esse feito porque tenho pessoas maravilhosas que compraram a ideia do projeto MEOW e porque compraram a track no Beatport (Risos). Não tenho palavras para expressar o quanto estou realizada. Saber que posso contar com esse carinho dos fãs me motiva ainda mais a seguir trilhando esse sonho! Como mulher na cena trance, posso dizer que me sinto infinitamente completa com esse top 16!”, ressalta MEOW.

A produção é fruto do contexto de pandemia que vivemos. “Por conta do isolamento social imposto pela covid-19, como muitos artistas, fiquei confusa sem saber o futuro da nossa arte. Depois de algum tempo, refleti sobre o momento que estávamos passando e em como era feliz na minha profissão. Então, me imaginei nos festivais de música eletrônica e pensei numa letra para poder viver essa emoção de novo. E foi assim que criei a track “Meu Lugar”. Desde então, me prendo na música para matar a saudade depois de um ano sem subir nos palcos. A fase pandêmica me fez perceber o quanto sentimos falta de tudo isso. “Meu Lugar” é uma mistura de emoções, porque, ao mesmo tempo, que fala do meu lugar favorito e me faz sentir uma sensação maravilhosa, também traz saudades da época em que podíamos ser livres”, conta MEOW.

- Publicidade -

“Minha referência de fazer um vocal mais falado veio da track Bae Bae, do mestre Vegas, um artista brasileiro que admiro muito e que é uma inspiração enorme nas minhas composições”, declara a gaúcha.

Múltiplos talentos

Na 16ª posição no ranking de mais vendidos, concorrendo ao topo com grandes produtores de renome mundial, como GMS, Ace Ventura, Phaxe, Astrix e Vini Vici, MEOW é a promessa feminina na cena trance brasileira. A artista também é fundadora da Cultura in Trance, primeira escola de música eletrônica focada no trance, faz parte do casting da agência BR Bookings e criou o projeto Cultura para Elas, que incentiva mulheres a entrarem na cena eletrônica oferecendo uma rede de apoio e bolsas de estudos na escola. Artista de múltiplos talentos que chama, né?

Início da carreira

Susy Trindade é o nome por trás do projeto MEOW Tudo começou em 2008 apenas como admiradora da música eletrônica. Em 2013, se casou com o produtor de Psy-Trance, Dayan aka MAVERICK, com quem aprendeu tudo sobre esse universo musical. Já em 2014, começou como DJ set em um projeto de minimal, o Frequency. O start como produtora musical foi com o projeto Muah, um duo de brazilian bass que tinha com a amiga Kamila Flores. O maior destaque do Muah foi o remix da música “Um Quarto de Doce”, de Malik Mustache.

Susy Trindade – Foto Divulgação/Instagram.

“Kamilla e eu decidimos pausar o duo para seguirmos outros caminhos. Meu objetivo era migrar para o trance, pois sempre fui amante de todas as vertentes da e-music. Então, em 2020, criei o projeto MEOW, que foi a escolha mais assertiva que já fiz. Hoje, me sinto completa produzindo e tocando esse estilo que amo tanto”, relembra.

Escola de música “Cultura in Trance”

“A ideia de criar uma escola de música veio de uma aliança com o Hugo aka Harmonika. Abrir uma escola com um dos maiores produtores musicais foi sem dúvidas um grande passo. Inauguramos em 2017 e, enquanto meu marido Maverick e ele lecionavam os cursos, eu atuava na parte administrativa. Aprendi muito em todo o processo. Em 2018, tivemos que fechar a escola por conta de problemas de saúde da nossa filha e, em seguida, o Hugo foi morar em outro estado, mas ele nos deixou um legado muito importante, além do conhecimento. Seguimos com outros projetos e, em 2020, a pandemia chegou. Com isso, tivemos que nos reinventar. Então, eu e meu marido criamos a Cultura in Trance. Apesar do foco em Psy-Trance, atendemos alunos de todos os gêneros musicais. Sermos vistos como referência em tão pouco tempo é muito gratificante. Em menos de um ano da criação, a escola já formou mais de 50 alunos. Um dos nossos diferenciais é termos a Rowdy como professora de mixagem para DJs. A Rowdy é super renomada na cena brasileira e, inclusive, faz parte do casting da Season Bookings, uma das maiores agências de psytrance”, destaca a artista.

Hoje, a escola conta com três cursos que capacitam o artista e dão um norte na carreira. São eles: Produção Musical, Curso de DJ e Mentoria para Artistas com a renomada Britt Rodrigues, CEO e fundadora da agência BR Bookings. Em breve, a instituição irá complementar o portfólio disponibilizando mais dois cursos: de Inglês e de presença de palco, tornando a formação dos alunos ainda mais completa.

Britt Rodrigues ministrando o curso Módulo de Mentoria – Foto Divulgação/Instagram.

“Nossa missão é levar descomplicadamente o conhecimento do universo da música eletrônica a todos. Sempre dizemos que somos uma família. Nosso atendimento desde o primeiro contato até a pós-formatura é extremamente humanizado e personalizado para cada aluno. Outro diferencial da escola são os presentes aos matriculados do mês. Temos parceria com diversas marcas, entre elas a BPM Clothing, Lelo Brum, Casa Verde Food Park, Caver, Moving Club e outras tantas ainda estão por vir”, explica. “Frequentemente, promovemos eventos gratuitos, como aulas experimentais; palestras motivacionais; e sorteio de descontos, módulos e cursos. Os alunos também têm a oportunidade de aprender com a troca de experiências com importantes nomes da área musical. Recebemos como convidados personalidades da cena regional, produtores de eventos, donos de agências, mentores, artistas fonográficos, entre outros”, afirma.

Quer mais novidades? A Cultura in Trance tem! “Vamos lançar em breve um projeto social em parceria com o Centro Cultural Sérgio Carvalho, que tem como objetivo levar a música eletrônica para dentro das comunidades, com oficinas de DJ e produção musical para crianças em situação de vulnerabilidade social”, diz. 

Projeto “Cultura para Elas

MEOW também serve como inspiração e incentiva a chegada de novas DJs mulheres no cenário da música eletrônica com o Cultura para Elas. “O projeto visa inserir as mulheres na cena eletrônica. Damos incentivo através de bolsas de estudos, rede de apoio e tudo o que for necessário para elas darem seguimento à carreira. É uma honra poder contribuir e fomentar a cena feminina. Aqui no Sul do País, muitas minas têm medo de seguir a carreira de DJ, temem o preconceito, possuem o receio de não serem capazes. Mas esse medo deve ficar no passado. Estamos aqui para ajudar outras mulheres e fazermos história juntas”, declara animada.

Encontro do ‘Cultura Para Elas‘ – Foto Divulgação/Instagram.

Novidades

Já com recorde batido apesar da curta carreira, MEOW ainda deu spoilers do que os fãs podem esperar em 2021. “No próximo mês, já tem novo single, numa pegada offbeat também. Em breve, também vou lançar uma track com outra letra autoral e composição de melodia da compositora Gabi Mora. Além dos singles originais, também tenho remixes e collabs em andamento. Estou trabalhando muito, então podem esperar muitas novidades pela frente”, adianta a DJane.

Escolha como adquirir “Meu Lugaraqui e ouça a track abaixo.

Saiba mais sobre MEOW:

SoundCloud/meowmusicbr

facebook.com/meowmusicbr

Instagram/meowmusicbr

Audius/meowmusicbr

Twitter/meowmusicbr

Spotify

Comentários

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui