Milhares se juntam aos protestos ‘Unmute Us’ na holanda

No sábado, milhares de pessoas se reuniram em cidades da Holanda para exigir a volta dos festivais de música.

Os protestos Unmute Us ocorreram em resposta à proibição do governo holandês de eventos de grande escala até pelo menos 31 de outubro, que foi anunciado na semana passada. A mudança foi motivada por temores sobre a disseminação da variante delta, que está se revelando altamente infecciosa.

Entretanto, eventos de um dia com uma capacidade máxima de 750 são permitidos na Holanda, desde que os participantes forneçam prova de vacinação, um teste negativo recente ou recuperação do COVID-19 nos últimos seis meses.

Congregando-se em seis cidades holandesas, incluindo Amsterdã, Eindhoven e Rotterdam, os manifestantes marcharam e dançaram ao lado de caminhões carregando DJs e sistemas de som ao vivo. Os participantes relataram que as próprias manifestações pareciam um festival.

Pedindo que a proibição governamental fosse suspensa em 1º de setembro, os manifestantes carregaram cartazes com mensagens como “lute pelo seu direito de festa” e “a música é a resposta”.

Os protestos foram marcados para acontecer entre 14h e 17h, mas as pessoas permaneceram nas ruas até tarde da noite.

No meio da tarde no dia dos protestos, o município de Amsterdã apelou para que ninguém mais participasse devido à aglomeração.

No mês passado, foi descoberto que houve um aumento de 500% nas infecções depois que as boates holandesas reabriram em junho, enquanto o Verknipt Festival em Amsterdã levou a 1.000 novos casos de COVID.

[Via Mixmag]

Comentários

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui