Jessica Brankka se junta a Floyd Lavine para um EP colaborativo

Com remixes de Stereo MC’s, Alma Negra, Baris K e Uriah Klapter, e a voz de um mestre da Capoeira, ‘Lampião‘ é um caldeirão de referências multiétnicas.

Herói afro-house, co-fundador do coletivo/selo afro-house RISE de Berlim e pai recente do novo selo Afrikan TalesFloyd Lavine entregou um novo EP com uma colaboração peculiar.

Estamos falando de ‘Lampião‘, uma colaboração com a DJ brasileira Jessica Brankka – e o adjetivo ‘peculiar’ se deve ao fato de ser seu primeiro lançamento oficial como produtora. O EP chegou na sexta-feira, 16 de julho, através da gravadora israelense Frau Blau, também representando a estreia do Floyd nela.

A faixa-título (que ganhou a legenda ‘African Techno Mix’), portanto, é a reunião de Floyd e Jessica, uma poderosa joia afro com vocais do mestre da Capoeira brasileira, Mestre Barrão, misturando as raízes africanas de Lavine com as raízes brasileiras de Brankka. Para alegrar as coisas, o álbum traz quatro remixes: dois deles trazendo a vibe melódica e hipnótica – um da dupla britânica Stereo MC’s e o outro do produtor israelense Uriah Klapter – e o primeiro do duo/coletivo minimalista suíço Alma Negra, e o segundo de Baris K da Turquia.

Nascida no sul do Brasil, na cidade de Curitiba, Jessica Brankka começou como DJ em 2019, inspirada pela energia do famoso espaço underground catarinense Warung Beach Club, e por artistas de house e techno como SolomunLaurent Garnier e Black Coffee.

Jessica Brankka – Foto crédito: @glauberbassi.

Desde então, vem ganhando notoriedade por suas apresentações cheias de personalidade, tendo se apresentado em palcos por diferentes partes do Brasil e também feito turnês pela Europa (onde até dividiu os decks com nomes como WhoMadeWho).

Agora radicada na gritante megalópole de São Paulo, ela dá seu primeiro passo na produção musical com esse caldeirão de referências multiétnicas que é o ‘Lampião’.

Ouça abaixo e adquira sua cópia do EP aqui.

[Via Electronic Groove]

Comentários

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui