Club escocês vai usar o ”calor dos clubbers” para gerar energia; entenda

Os dançarinos do SWG3 de Glasgow aquecerão o club com a “energia gerada por seus próprios corpos” em uma estreia na Escócia.

O club SWG3 de Glasgow testará o sistema em um evento de lançamento para a cúpula do clima COP26 em novembro.

Glasgow será o assunto do mundo em novembro, enquanto líderes políticos de todo o planeta tentam descobrir como exatamente salvar o planeta na COP26. É a época divertida da cidade escocesa sob os holofotes – e podemos esperar um monte de iniciativas ambientais pioneiras aparecerem nos próximos meses.

Primeiro: SWG3. Este lendário club de Glasgow está testando um novo sistema que usa o calor do corpo dos dançarinos para alimentar todo o local. O BODYHEAT irá capturar o calor de todos os visitantes e funcionários e, em seguida, armazená-lo em uma série de poços em todo o local.

Dias depois, isso será convertido em energia que será usada para manter as luzes acesas (e a música tocando) a noite toda. E a melhor coisa? Isso irá reduzir radicalmente o uso de energia do SWG3 – economizando até 70 toneladas de carbono por ano. 

O sistema será lançado durante a COP26 no domingo, 7 de novembro, com a DJ Honey Dijon como atração principal na noite inaugural do evento do New York Times Climate Hub.

‘Qualquer coisa que possamos fazer neste momento para ajudar a mudança climática é uma coisa positiva’, disse Honey Dijon em um comunicado. ‘Este novo sistema de canalização de energia da pista de dança é algo inovador e sustentável.’ Muito certo. 

Os ingressos já estão à venda no site SWG3.

[Via TimeOut ]

Comentários

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui