Projeto “Mel Rose” comemora 2 anos de existência com anúncio de nova track

Sarah Eline aka Mel Rose.

A DJane e produtora musical Sarah Eline celebra, hoje, 27 de julho, dois anos do seu projeto batizado de “Mel Rose“. A artista deu um jeito de aquecer a carreira musical mesmo durante a pandemia e para comemorar a conquista anuncia o lançamento do novo single “From The Inside”. Esta é a primeira track da artista lançada por uma label. Dica valiosa: fique ligado(a) nas redes sociais da DJ pra curtir o pre-save, que está previsto para ser divulgado no início de agosto.

“From The Inside” chega, no dia 19 de agosto, no canal de YouTube da gravadora Space Journey Records e do Beatport. Já em 2 de setembro, a produção estará disponível em todas as plataformas digitais.

Ouça o preview de “From The Inside” abaixo.

“A track veio após um ano de pandemia, quando me dei conta de que manter a sanidade mental nessa nova era é essencial. Então, me joguei de cabeça e quis fazer uma música com uma intro que tivesse bastante ambiência, construindo uma história. A ideia foi mostrar uma fase turbulenta e no break tem uma reviravolta, trazendo um momento de paz e alegria. O objetivo é mostrar os dois lados de uma pessoa, porque todos passamos por altos e baixos na vida”, explica a artista.

Carreira

Os sets da paulista contam com suas atuais produções musicais que unem harmonia e melodias com basslines rasgados. Residente da festa Mixed, a DJane já tocou em grandes festivais, dentre eles Universo Paralello, Ephedra e União Trance. Além disso, está à frente dos projetos: Nasa Locosss, Crew Ephedra e Pista Pirata.

Atualmente, a Mel Rose tem quatro tracks lançadas oficialmente, três delas disponíveis em todas as plataformas de streaming de áudio. São elas: Toxic Rose, que une as melodias do offbeat com os synths fortes do progressive dark, Sweet Desire e One wish. Além disso, a artista tem dois singles prontos que nunca foram lançados: Just Bee e Melold, que Mel toca apenas em lives.

O início

Nada como um empurrãozinho de pessoas próximas para irmos atrás dos nossos objetivos, não é mesmo? A Mel Rose que o diga. “É curioso falar do início da minha carreira porque tudo começou, em 2016, quando tive um insight depois de uma pergunta de um amigo. Estávamos em um festival e ele me questionou: ‘já se imaginou comandando uma pista ali, atrás da CDJ?’ Depois de ter a ‘sementinha plantada’, criei coragem, em 2018, para começar um curso e, em 2019, tive a oportunidade de estrear o meu projeto na Mixed, na qual virei residente”, conta.

Se reinventando

Por conta do isolamento social e a impossibilidade de fazer shows, Mel Rose se reinventou durante a pandemia do novo coronavírus e tem se dedicado à realização de lives. Frequentemente, os fãs de música eletrônica ganham a oportunidade de conferir uma nova transmissão ao vivo da DJ. “O que eu mais fiz nesse período de um ano e meio foram lives: da minha página, de convidados, da Pista Pirata, Ephedra Festival, 4ever, Etnias, entre outras. Até agora foram 27 lives”, destaca.

Muita música eletrônica, arte e cultura alternativa. Se você se interessou por essa junção de elementos é só acompanhar todas as terças-feiras, às 20h, o Papo Pirata com apresentação da Mel Rose. “Recebi o convite do GR-87 para organizar as lives de vários artistas, tanto da galera tocando quanto entrevistando o pessoal. Com a experiência, pude me conectar com projetos do Brasil todo, além de projetos internacionais. E isso me deu diversos insights. Além da troca de experiência, é também uma forma de ajudar a divulgar o trabalho deles, assim como o meu”.

“Já o Mel Rose and Friends surgiu, ano passado, quando tive a ideia de fazer uma live no meu aniversário para comemorar virtualmente com a galera. O pessoal curtiu tanto que resolvi manter. Tivemos uma edição esse ano na Transmita Bar, com algumas restrições, por conta dos cuidados sanitários exigidos nesse momento, mas foi perfeito”, declara.

A pandemia trouxe muitos desafios para a Mel Rose que, como todos os artistas, precisou manter a motivação nesse período turbulento. “É difícil não poder estar perto do público, mas consigo continuar motivada porque faço o meu trabalho com muito amor! Sou aquele tipo de pessoa que chora com uma música bonita, que se entrega, que sonha e se deixa levar com a melodia. E são as pequenas coisas que me motivam, como por exemplo um play na minha track, um elogio, um repost e saber que estou contribuindo com a trilha sonora de outros momentos por aí”, afirma.

Mulheres na Cena DJ

Animada com o destaque para tantas DJanes, a moça projeta ainda mais reconhecimento para as artistas. “Tive o privilégio de conhecer muitas DJanes e produtoras boas através das lives e acredito que a cena vai voltar com mais mulheres nos lines. Tinha muito talento escondido por aí e a internet ajudou a descobrir essa mulherada toda”, declara.  

O que vem por aí?

Além da nova track, a paulista pretende lançar, ainda este ano, mais três original mix. “Estou bem focada em concluir minha primeira hora de live e confesso que não vejo a hora de testar nas pistas com o público curtindo pessoalmente. Liberando os eventos de vez, minha presença atrás das pick-ups já está garantida em alguns estados do Brasil”, conta.

Saiba mais sobre Mel Rose aqui.

[Via Assessoria de Imprensa]

Comentários

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui