A cena DJ Feminina no Brasil está de Luto! Sonia Abreu, produtora musical conhecida como a primeira DJ mulher do Brasil, morreu na tarde desta segunda-feira (26) aos 68 anos, em São Paulo. Ela teve uma fadiga respiratória causada pela esclerose lateral amiotrófica (ELA), uma doença degenerativa.

Abreu estava internada desde sexta-feira (23). A informação foi confirmada por Claudia Assef, amiga e autora da biografia “Ondas tropicais – Biografia da primeira DJ do Brasil: Sonia Abreu”, escrita com Alexandre de Melo.

De acordo com a publicação, na música desde os anos 1960, Abreu estava ativa até recentemente e se apresentou pela última vez em junho deste ano, na Galeria Olido, no centro de São Paulo. Na ocasião, ela já estava debilitada e comandou as picapes de cadeira de rodas.

O corpo será velado das 8h às 14h desta terça-feira (27), na Funeral Home, na Rua São Carlos do Pinhal, na Bela Vista, na capital paulista.

O título foi tirado da rádio móvel criada pela DJ nos anos 1980, montada dentro de um ônibus, que passou por diferentes pontos de São Paulo. Em 1986, o projeto foi transportado para os litorais de SP e do RJ dentro de um barco.

Foto reprodução Virgula

O nome também batizou um programa de world music em rádios entre os anos 1980 e 1990.

Sonia foi produtora musical da rádio Excelsior de 1968 a 1978. Em 1977, tocou como DJ na discoteca Papagaio Disco Club, e começou a escrever uma coluna sobre música para a “Revista POP”.

Sonia no mítico coreto da rua Augusta, nos anos 80, onde tocava para passantes e comerciantes da região – Fonte: Music Non Stop

Nos últimos anos, continuava atuando como DJ.

Para Claudia Assef, jornalista, biógrafa e amiga de Abreu, ela foi uma pioneira “não só na música”. “Sempre foi uma mulher que furou as bolhas e quebrou paradigmas. Nunca perguntou se uma mulher poderia discotecar, se poderia dirigir um soundsystem em cima de um ônibus ou de um barco. Ela simplesmente foi fazendo”, completa a Folha.

DJ Sonia Abreu e DJ Seu Osvaldo, os DJs mais antigos do Brasil. – Foto: Discoterj

Nós da DJane Mag Brasil decidimos prestar nossa singela homenagem com uma compilação de algumas aparições e entrevistas com a nossa Rainha absoluta e precursora da Cena DJ feminina no país. Confira o vídeo abaixo:

Fontes: G1 / Folha de SP / UOL / Music Non Stop

Comentários

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui