Locais de Nova York podem operar com capacidade máxima com pessoas totalmente vacinadas

Fleur Room - Credit: MICHAEL KLEINBERG FOR MOXY CHELSEA

Após um declínio gradual de casos COVID-19 na área, os locais de Nova York agora serão capazes de operar em plena capacidade, desde que os participantes estejam totalmente vacinados.

Na quarta-feira, o governador de Nova York Andrew Cuomo divulgou o anúncio, detalhando seus planos para continuar a suspender as restrições relacionadas ao coronavírus sobre as empresas locais, incluindo as do setor de entretenimento. A mudança foi feita para encorajar ativamente as pessoas da comunidade a se vacinarem para que possam voltar a usar suas comodidades habituais, como explica o governador;

“Funciona para o local, também funciona para o público porque é mais um incentivo para se vacinar”, disse Cuomo. “Ter uma vacina permite que você participe daqueles locais que chegam a 100% totalmente vacinados.”

Foram oferecidos uma forma alternativa para os locais de Nova York, pois também podem convidar os não vacinados em seus espaços. Isso seria possível com uma divisão de 50% vacinados – 50% não vacinados, mas com uma capacidade geral reduzida. As áreas não vacinadas de tais locais também veriam os clientes ainda tendo que aderir a protocolos de distanciamento social.

Na quarta-feira, 8.888.842 nova-iorquinos com 18 anos ou mais foram totalmente vacinados, de acordo com o governador.

O estado também criou vários incentivos e brindes para atrair mais pessoas a serem vacinadas.

[Via Pix 11]

Comentários

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui